LUVA COM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL IDENTIFICA OS OBJETOS PELO TOQUE

Luva com inteligência artificial repleta de sensores é desenvolvida para aprender um dos cinco sentidos dos humanos: o tato. Assim o acessório é capaz de identificar objetos aos manipulá-los. A princípio o sistema inteligente integrado na peça cria conjuntos de dados táteis de alta resolução. Tais dados são muito úteis para a robótica e para o design de próteses, por exemplo.
 

luva com inteligência artificial

 
[gdlr_heading tag=”h5″ size=”26px” font_weight=”bold”] MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY (MIT)
[/gdlr_heading]

Os responsáveis por esse grande feito são pesquisadores do MIT, que projetaram um sistema de baixo custo com nada menos do que 550 sensores por toda a mão. Dessa forma cada sensor captura sinais de pressão enquanto a pessoa interage de diversas maneiras com os objetos.

A luva chamada STAG é composta por uma rede neural que processa os sinais para “aprender” um conjunto de dados padrões relacionados a objetos específicos. Logo depois os dados classificam os objetos. Isto é possível graças ao sistema de inteligência artificial que faz com que o reconhecimento se dê pelo toque.

 

[gdlr_heading tag=”h5″ size=”26px” font_weight=”bold”] TESTE DE IDENTIDADE
[/gdlr_heading]

Entre os objetos comuns testados pela luva com inteligência artificial estão: tesoura, lata de refrigerante, bola de tênis, colher, caneta e caneca. Surpreendentemente com o conjunto de dados usados o sistema reconheceu a identidade desses objetos com 76% de precisão. Além de prever os pesos corretos da maioria deles.
 

[gdlr_video url=”https://vimeo.com/337398410?utm_source=Divaholic&utm_medium=www.divaholic.com.br&utm_campaign=pill”]

 
[gdlr_heading tag=”h5″ size=”26px” font_weight=”bold”] INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL
[/gdlr_heading]

Para que os robôs tenham uma visão mais humana da interação com os objetos, o sistema sensível tátil pode ser combinado com visão computacional tradicional e conjunto de dados baseados em imagens. Segundo Subramanian Sundaram PhD18, ex-aluno de pós-graduação do Laboratório de Ciência da Computação e Inteligência Artificial (CSAIL), sempre que quisermos que os robôs façam o que os seres humanos são capazes, por exemplo lavar louça e até mesmo costurar, eles deverão ter a capacidade de manipular objetos muito bem. Porém os robôs não tem o rico feedback tátil que temos quando tocamos objetos, portante requer o aprendizado da máquina.
 
[gdlr_video url=”https://vimeo.com/337398451?utm_source=Divaholic&utm_medium=www.divaholic.com.br&utm_campaign=pill”]

 
[gdlr_heading tag=”h5″ size=”26px” font_weight=”bold”] STAG
[/gdlr_heading]

Incrivelmente a luva inteligente de baixo custo com dados de alta resolução é feita com materiais de fácil acesso como um polímero eletricamente condutor e fios condutivos, totalizando 10 dólares. Enquanto luvas semelhantes,com número significativamente menor de sensores custam milhares de dólares.

 

 

Para saber mais detalhes de todo processo de pesquisa e desenvolvimento da luva com inteligência artificial STAG acesse aqui.

 


 

Quer aprender sobre as novas tecnologias para moda? Conheça nossos cursos de inovação, tecnologia e criatividade para design e moda. Saiba mais.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *