MATERIAL DO FUTURO: COURO FEITO COM PRÓPOLIS DE ABELHA E CASULOS

Designer francesa utiliza resíduos naturais de insetos para criar couro e vidro. Marlène Huissoud vem de uma família de apicultores e se interessa por utilizar insetos como “parceiros” em seu processo de design. Os dois insetos que de inicio despertaram o interesse dela foram a abelha por causa do própolis, resina biodegradável encontrada nas colmeias, e o bicho da seda indiana com a resina encontrada nos casulos.

inseto 7
 

Foram desenvolvidos 2 materiais diferentes a partir dos insetos:

O 1º é um tipo de vidro desenvolvido com a resina deixada pelas abelhas nas lacunas da colmeia em árvores seringueiras. É como um selante que o apicultor remove uma vez ao ano para extrair o mel. A partir da purificação e aquecimento desse material a designer descobriu que é possível fundi-lo como o vidro, sendo até mais fácil de manipular, e o resultado é muito semelhante e único. Com esse material Huissoud fez uma coleção de vasos.
 

INS 1
 

Já o 2º é um couro derivado do casulo de algo como bicho da india em conjunto com o própolis da abelha. Esse casulo é composto por camadas de fibras, assim como uma cebola, e possui uma cola natural muito forte chamada sericina que juntos formam uma espécie de papel grosso e resistente. Essa espécie de papel envernizado com a bioresina de abelha forma um novo material com muitas propriedades e semelhanças do couro, que pode ser usado em vestuário, acessórios, objetos pela moda e até mesmo para móveis.
 

inseto 4
 

O vídeo mostra os processos pelos quais passam:
[gdlr_video url=”https://vimeo.com/98374815″]
 

Esse é um projeto artesanal, difícil de ser aplicado para produzir materiais sustentáveis no futuro, não há potencial industrial pelo fato do própolis ser muito raro, em que uma colmeia não produz mais de 100g por ano.
 

inseto 2

inseto 3

inseto 6

inseto 7

INS 6

INS 5

INS 3

INS 8

INS 7

INS 4

INS 2

insento 8

inseto 9
 

[gdlr_text_align class=”center” ][gdlr_heading tag=”h3″ size=”26px” font_weight=”bold” color=”#808080″]”É uma celebração das propriedades destes materiais.”[/gdlr_heading][/gdlr_text_align]

 
[fblike]
 

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *