| envie seu trabalho |seja colaboradorx |
Home > Biocouture > DNA DO FALECIDO ESTILISTA ALEXANDER MCQUEEN É USADO PARA PRODUZIR COURO

DNA DO FALECIDO ESTILISTA ALEXANDER MCQUEEN É USADO PARA PRODUZIR COURO

Uma exploração da intersecção entre luxo e biologia transforma o DNA de Alexander McQueen em artigos de couro humano pela designer Tina Gorjanc.

 

AM 12

 
 

Estudante da Central Saint Martins, Tina Gorjanc, propôs uma série conceitual de acessórios de couro feitos de pele cultivada a partir do DNA do falecido estilista Alexander McQueen.

Com as mechas de cabelo do designer, provenientes das etiquetas da primeira coleção de Mcqueen, foi extraído o material genético e aplicado em um cultivo de células. O processo se baseia em colher essas células para formar o tecido da pele. Após bronzeamento, essa pele se transforma em couro humano para ser usado em bolsas, jaquetas e mochilas.

 
 

AM 1

AM 7

AM 8

AM 13

 
 

O projeto chamado The Pure Human, explora a capacidade da tecnologia, amplia os limites da moda, mas também lamenta sobre o quão fácil é tirar proveito do material genético de outra pessoa.

 
 

AM 15

 
 

Com os avanços da tecnologia, talvez mude o conceito atual de luxo, redefinindo a produção muito além da beleza e encantos físicos, e desafiando a relação com o corpo humano.

As biotecnologias relacionadas a pele parecem ter atraído o interesse da indústria de luxo. Empresas grandes de cosméticos já assinaram acordo de colaboração para pesquisa com Institutos de Bioengenharia. Tecnologias da pele antes só permitidas na medicina já estão sendo permitidas para desenvolvimento de extensões do corpo.

Gorjac, com sua criação, traz mudanças éticas e de segurança referente a essas tecnologias da engenharia têxtil. Ela conseguiu criar a coleção e pedir a patente pois a legislação não limita o uso comercial de materiais genéticos humanos.

O resultado final consiste em uma variedade de produtos de couro, cultivado a partir da extração de material biológico humano, para serem comercializados.

 
 

AM 16

AM 6

SM 3

AM 10

AM 17

AM 14

AM 2

AM 4

AM 5

 
 

“Se uma estudante conseguiu patentear um material extraído de informações biológicas de Alexander Mcqueen, e a legislação não a parou, só podemos imaginar o que grandes corporações com maior financiamento serão capazes de fazer no futuro.”

 
 

VEJA TAMBÉM:

MODA SEM CRUELDADE- COURO VEGANO FEITO DE ABACAXI

 
 

Fonte: Tina Gorjanc
Créditos das fotos: TomMannion, VicPhilips (Single Malt Bule), Sanne Visser

 
 

 

You may also like
FOI LANÇADO O LIVRO QUE ABORDA AS TENDÊNCIAS TECNOLÓGICAS NA MODA
VANS DESENVOLVE COLEÇÃO DE TÊNIS SENSORIAIS PARA AUTISTAS
10 MOTIVOS PARA CRIAR IDENTIDADE DIGITAL PARA PRODUTOS FÍSICOS
E-COMMERCE DE MODA 3D É UMA POTENTE TECNOLOGIA PARA VENDAS ONLINE
SAIBA TUDO SOBRE O TECIDO INTELIGENTE DO GOOGLE ADOTADO POR GRANDES MARCAS
COMO A RALPH LAUREN TRANSFORMOU SEUS PRODUTOS DIGITALMENTE
JAQUETA INTELIGENTE COM CONTROLE DE TEMPERATURA DA XIAOMI
DIOR UTILIZA ESTAMPARIA BOTÂNICA COM ECO PRINT

Leave a Reply